Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

27/09/2022 18h23

Audiência Pública discute sobre descarte e armazenamento do Lixo em João Monlevade

Audiência Pública discute sobre descarte e armazenamento do Lixo em João Monlevade

Compartilhe

Nessa terça-feira, 27, ocorreu na Câmara Municipal de João Monlevade Audiência Pública para tratar sobre o descarte e armazenamento do lixo no município, bem como alternativas para reduzir os resíduos e as responsabilidades a serem compartilhadas. A reunião é em atendimento ao requerimento do vereador Revetrie Teixeira (MDB) e também visa incentivar e discutir a destinação correta dos resíduos gerados para minimizar os danos ambientais e à saúde humana.

Participaram da reunião os vereadores Belmar Diniz (PT), Bruno Cabeção (Avante), Pastor Lieberth (União), Fernando Linhares (União) e Marquinho Dornelas (PDT), o Secretário de Meio Ambiente, Samuel Domingues, Secretário de Serviços Urbanos, Marco Antônio Penido Simas (Marcão), Coordenadora da ATLIMARJOM - Associação dos Trabalhadores de Limpeza e Materiais Recicláveis, Valdete Firmino Rosa, representante da empresa Liarth, Fabiano Júnior Barbosa, fiscal do serviço de Limpeza, Wellington Martins Nunes, e representante da Pontes de Minas, Maria Emília Dias da Silva.

Marcão explicou que anteriormente a Secretaria de Serviços Urbanos era responsável apenas pelo contrato da empresa Pontes de Minas, porém como a pasta já cuida da limpeza urbana, a partir deste ano, a secretaria também passou a administrar outros contratos como da coleta de lixo comum que é feita pela empresa Liarth, lixo hospitalar feita pela Prohetel e coleta seletiva em parceria com a Atlimarjon, além disso, o contrato da empresa Pontes de Minas responsável pela limpeza pública, como capina, roçada e varrição. O lixo proveniente deste serviço é recolhido pela empresa Liarth.

O secretário explicou que o único dia que não é feita a coleta do lixo no município é no domingo. Ele lamentou que neste dia, a população deixa o lixo nas calçadas e vândalos mexem e espalham os resíduos. Marcão destacou que é importante a conscientização da população em relação ao armazenamento e a colocação do lixo nas calçadas nos dias e em horários em que os caminhões das coletas circulam.

Por sua vez, o vereador Revetrie Teixeira sugeriu que sejam estipulados horários mais específicos para que os caminhões façam a coleta. Segundo ele, esta medida iria contribuir para que os resíduos não fiquem expostos durante muito tempo evitando assim que animais ou pessoas mexam nos lixos. Ainda em sua fala, Revetrie cobrou maior fiscalização, com objetivo de coibir ações de vândalos. Ele também sugeriu que o tema seja trabalhado nas escolas.

O secretário de Meio Ambiente, Samuel Domingues destacou que todos os resíduos podem ser aproveitados, sejam os de materiais recicláveis ou os orgânicos, que podem ser usados em compostagem, por exemplo. Ele informou que o município também estuda a ampliação da coleta seletiva na cidade. Samuel também falou das ações que tem sido realizadas, como exemplo o espaço disponível na Secretaria para a coleta de lixo eletrônico, bem como a coleta de lâmpadas, pilhas e baterias.

Ainda segundo Samuel, a Prefeitura está instalando lixeiras em diversos pontos na cidade e que também o executivo já está em processo de aquisição de containers para serem colocados em pontos críticos onde apresentam maior acúmulo de lixo. Samuel explicou que a ideia é que o container seja instalado ainda este ano na avenida Castelo Branco, como modelo, e posteriormente em outros pontos na cidade.

A representante da Atlimarjon, Valdete Roza, informou que é muito importante que a população conheça os resíduos que são recolhidos pela associação. Segundo ela, algumas pessoas deixam materiais na Atlimarjon, como exemplo mobiliário, e a Associação não consegue dar a destinação correta. Valdete também endossou a sugestão de trabalhar junto à população a educação ambiental. Segundo ela, muitos materiais chegam à Associação misturados em sem condição de serem reciclados.

Valdete ainda informou que a Associação já dispõe de um novo caminhão para ampliar a coleta. Atualmente, segundo ela, apenas 23 bairros são atendidos e outros cerca de 50 ainda estão desassistidos. "Ainda este ano a coleta será ampliada", garantiu.


Flávio Lial
Assessor de Comunicação e Relações Públicas

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus