Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

09/05/2022 16h28

Creas organiza palestras sobre prevenção ao abuso sexual de crianças e adolescentes

O tema será levado para estudantes da rede pública de ensino, agentes de saúde e beneficiários do cartão Cesta Cidadã

Compartilhe

A Prefeitura de João Monlevade, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas),promove palestras em 12 escolas públicas do município a partir desta segunda-feira (9). Em virtude do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes celebrado em 18 de maio, assistentes sociais do Creas levarão o tema para a rede escolar como forma de prevenir a violência sexual contra as crianças e adolescentes e o que deve ser feito caso sejam vítimas.

Anteriormente, educadores da rede municipal participaram das capacitações para, de forma pedagógica, inserir o assunto em sala de aula. Além dos estudantes, agentes comunitários de saúde e beneficiários do cartão Cesta Cidadã também participarão de encontros.

Aumento dos casos – De acordo com a coordenadora do Creas, Tatiana Meireles, no primeiro ano da pandemia da Covid-19 (2020), o Centro registrou um aumento de 400% de casos relacionados a abuso sexual em crianças e adolescentes comparado ao ano de 2019 (sem pandemia).  Segundo os dados, em 2019 o município registrou seis casos de abusos. Em 2020 foram registradas 23 notificações. Já em 2021, os casos saltaram para 51 e, de janeiro a abril deste ano, chegaram a 18.
 

"O aumento da violência sexual contra crianças e adolescentes se deu pelo fato de que as crianças estavam mais reclusas em casa por conta da pandemia", comenta Tatiana, lembrando que em muitas situações o agressor convive diretamente com as vítimas.

Como denunciar -Em situações de suspeita ou confirmação de violações de direitos humanos, bem como de crianças e adolescentes é necessário acionar o Disque Direitos Humanos (Ligue 100). A ligação é gratuita, anônima e com atendimentos 24 horas, todos os dias da semana. As denúncias também poder ser feitas diretamente no Conselho Tutelar do município, por meio do telefone 3851-3032 ou Polícia Militar (190). A identidade do denunciante é mantida em sigilo.

Campanha – Em 18 de maio de 1973, Araceli Crespo, de 8 anos, foi sequestrada, drogada, violentada sexualmente e assassinada, em Vitória (ES). No ano de 1991, os três réus acusados de matar a menina foram absolvidos e o crime permanece impune até hoje.

Creas  - O Creas está localizado à rua Kennedy, nº 110, no bairro Nossa Senhora da Conceição.O telefone para contato é o 3852-7301 e o WatsApp é (31)9 8719-9348.

Foto: Equipe de assistentes sociais do Creas 

Assessoria de Comunicação e Relações Públicas

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus