Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

17/02/2017 15h22

Professor questiona justificativa da Prefeitura em extinguir curso de Química

Compartilhe
O professor de Química, Huita Matozo questionou a justificativa da Prefeitura de João Monlevade em extinguir o curso técnico em Química, por não haver alunos suficientes para a manutenção da capacitação. O educador usou a Tribuna da Câmara de Vereadores na tarde da última quarta-feira (15) para manifestar sobre o assunto.
 
Huita colocou em xeque a afirmação do secretário municipal de Educação, Teotino Damasceno Filho, que declarou que no ano passado o curso foi encerrado com 11 alunos. Ele também declarou a importância do curso no município e defendeu que este seja mantido pelo atual governo.
 
Os vereadores, em especial os da oposição, também defenderam a permanência do curso, propondo ao Executivo que divulgue mais a iniciativa, para que os estudantes do município tenham conhecimento da oferta. Ainda durante a reunião foi aprovado um requerimento solicitando esclarecimentos à Secretaria Municipal de Educação sobre o curso de Química, como os motivos da não oferta do curso este ano, os investimentos de anos anteriores e se existe possibilidade de novas turmas nos próximos anos.
 
O curso
 
O curso Técnico em Química foi criado há mais de 25 anos em João Monlevade e extinto nesse ano sob alegação de falta de demanda. Mais de 2 mil alunos passaram pela capacitação. Com o fechamento do curso, os professores que lecionam na qualificação profissional foram remanejados para o ensino fundamental da rede municipal.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus