Bom Dia - O Diário do Médio Piracicaba

notícias

28/07/2016 08h33

João Monlevade está entre as 55 cidades que registraram morte por dengue

João Monlevade está entre as 55 cidades que registraram morte por dengue

Compartilhe

João Monlevade – As chuvas deram uma trégua, mas a preocupação com a dengue deve continuar. O município de João Monlevade está entre os 55 municípios mineiros que registram morte provocada pela dengue em 2016. Os dados vieram de um balanço da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, que aponta para a confirmação de 193 óbitos, além de 109 sob investigação. Em Monlevade, uma morte foi registrada.

João Monlevade é a única cidade presenta no balanço de morte por dengue no estado. Recentemente, a Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Piracicaba (Amepi) realizou um mutirão itinerante em várias cidades do consórcio, porém Monlevade decidiu não participar.

Belo Horizonte aparece como a cidade com maior número de mortes registradas pelo balanço da pasta, sendo que das 193 mortes confirmadas, neste ano, no Estado, 49 ocorreram em Belo Horizonte. Em segundo lugar aparece Juiz Fora, com 44 óbitos, seguido por Uberaba (8), Itaúna (6), Araxá, Divinópolis, Pará de Minas (5), Contagem, Ibirité, Monte Carmelo, Nova Lima (4), Além Paraíba, Bicas, Sete Lagoas (3), Lagoa da Prata, Mutum, Pompéu, São João Del Rei, e Ribeirão das Neves (2).

Já as cidades de Abaeté, Araçuaí, Araguari, Baldim, Betim, Cataguases, Cláudio, Congonhal, Conselheiro Lafaiete, Curvelo, Dona Euzébia, Espera Feliz, Estrela Dalva, Ipatinga, Itaguara, João Monlevade, João Pinheiro, Mariana, Morada Nova de Minas, Nanuque, Ouro Verde de Minas, Patrocínio, Presidente Olegário, Raposos, Recreio, Sacramento, Santa Luzia, Santo Antônio do Monte, Santos Dumont, São Gonçalo do Abaeté, São João Nepomuceno, Três Corações, Uberlândia, Varginha, Vazante e Viçosa todas registraram apenas uma morte.

Os dados do boletim epidemiológico também mostram que a secretaria registrou 527.673 casos de pacientes contaminados por dengue em Minas. O levantamento levou em consideração os pacientes atendidos de 1º de janeiro a esta terça.

 

Outras doenças

 

O boletim da Secretaria de Estado de Saúde também mostra um levantamento dos números do zika vírus e da febre chikungunya, doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Só neste ano, foram confirmados 7.189 casos de zika em Minas, sendo  703 com confirmação laboratorial e  6.486 que foram encerrados pelo critério clínico epidemiológico. Além disso, 7.235 casos da doença são investigados.

O levantamento ainda confirma 280 casos de gestantes com doença aguda pelo vírus zika e 122 notificações de acompanhamento da microcefalia, sendo que, destes, dois tiveram a relação com a doença confirmada.

Já no caso da chikungunya, são 1.885 notificações, sendo 103 confirmadas, 1266 descartadas e 517 que seguem em investigação.

Bom Dia Online- Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.

by Mediaplus